Voltar

“Até as uvas queimaram”. A história da família Vasyl de Makariv

Vasyl Fedorenko, a sua esposa, um filho de quinze anos e uma filha de nove anos viviam na sua casa em Makariv. Eles foram dos últimos que conseguiram evacuar no dia 11 de Março. No final de Março, um bombardeamento atingiu a sua casa que se queimou até se reduzir a cinzas.

Os vizinhos disseram que a casa de Vasyl estava a arder durante três dias, tão duramente que era visível de longe. Vasyl vem muitas vezes à casa destruída, arrasa os escombros, e procura coisas que não estão totalmente destruídas. Ele disse que era bom encontrar alguma coisa carbonizada que lhe chamava a atenção todos os dias.

O homem tinha uma colecção favorita de crachás e moedas ucranianas, mas não foi preservada. Agora os familiares de Vasyl querem regressar do estrangeiro, mas não têm para onde ir.

A casa para a família foi instalada no âmbito do projecto NEST.